sexta-feira, 28 de setembro de 2007

24 horas é Muito Pouco!


Por que os dias têm apenas 24 horas?
É o que ando me perguntando ultimamente... E junto com esse questionamento tenho outro, ainda mais instigante:
Por que tudo não funciona 24 horas?
Se as empresas, o comércio, as faculdades funcionassem 24 horas por dia, haveria mais emprego, mais segurança, pois as pessoas transitariam nas ruas a todo momento e a vontade de todos, com seus horários particulares, seria preservada.
Estou eu aqui, por exemplo, precisando de um caderno novo. Mas, como não páro o dia inteiro, não consigo comprá-lo. Se o comércio simplesmente não fechasse, meu problema estaria totalmente resolvido.
Por que a discriminação com as pessoas que têm insônia, que só têm tempo de madrugada? Alguém pode me responder isso?
Temos que dividir nossas 24 horas com o estudo, a atividade física, os trabalhos que devemos fazer em casa, o tempo para comer e tomar banho, ler e-mails e, ainda, ligar para amigos a fim de cultivar as amizades, ou tentar alguns minutos, pelo menos, de msn por semana. Temos que arrumar tempo para visitá-los e achar solução para nossos problemas, incluindo a falta de tempo, e também para os problemas dos outros. Infelizmente, fica impossível visitar todos, estar presente em todos os momentos, em todos os aniversários e ter compatibilidade com seus horários. Ou seja, impossível agradar gregos e troianos.
Mas, nada disso aconteceria se, nós, seres da madrugada, fôssemos considerados como cidadãos que também querem consumir, a qualquer hora. Não entendo o porquê de haver "hora para tudo": Hora de acordar, de almoçar, de lanchar, de deitar... E, no dia seguinte, começa tudo outra vez, exatamente igual. Por que não fazer tudo diferente todos os dias? Dificilmente as pessoas ficariam entediadas com as próprias vidas.
Nem todos os meus dias são diferentes, mas ainda exerço algum poder sobre a minha madrugada. Um dia, posso estar dormindo, no outro, assistindo a um filme, ou até mesmo escrevendo aqui, ou fazendo um trabalho para minha faculdade. Mas gostaria de aumentar meu leque de opções. Queria poder ir ao cinema, caminhar na rua, assistir ao nascer do sol e renovar as energias; tomar banho de mar à noite, sair para uma cerveja com os amigos, comprar o caderno de que preciso, que, inclusive, não é vendido em todas as papelarias...
E se eu acordar no meio da noite com vontade de tomar sorvete? De assistir a um filme em cartaz? De comprar um livro? Não consigo mesmo entender por que ainda não adotaram o sistema integral, 24 horas, para tudo. Pois nós sabemos que chega a um momento em que não há tempo para tudo o que se deveria fazer. As pessoas saem cedo e voltam tarde, e ainda têm que ter tempo de ligar para as pessoas que, inclusive, já estão dormindo no momento em que você chega em casa.
É estressante pensar que hoje vai passar e não farei tudo de que preciso, por falta de tempo! Considero falta de tempo uma desculpa tão ridícula! (mesmo sendo verdade...)
Sem mencionar todas as coisas que devemos ingerir para ter uma vida equilibrada. Gente, vocês já pararam para cronometrar quanto tempo se demora para lavar verduras? É um atraso sem tamanho! Ninguém consegue ter uma alimentação decente todos os dias, quiçá todas as noites! Porque ninguém em sã consciência vai lavar bertalha às 3h da manhã! E se acordarmos com vontade de comer bertalha? Já era, só amanhã! Absurdoooo!!!
Estou eu aqui, em mais uma madrugada, completando meu trabalho de psicologia para a faculdade. Um trabalho sobre Behaviorismo. Fico realmente me perguntando para que raios devemos aprender esse tipo de coisa... É claro que é bom para o conhecimento de mundo, mas, para que perder noites de sono por causa disso? Creio que há coisas melhores a se fazer quando perdemos o sono, ou somos obrigados a perdê-lo. Preferia ter passado a madrugada fazendo outra coisa e, talvez, qualquer outra coisa, menos estudando behaviorismo! Poderia usar este tempo para ler clássicos literários ou estudar morfologia. Talvez pudesse jogar buraco ou assistir a um programa qualquer. Poderia até mesmo dormir, pois estou morrendo de sono, mas não posso. Tenho que passar em psicologia, tenho que passar em todas as matérias. Aliás, tenho que passar muito bem em todas as matérias. Tenho uma mania de competir comigo mesma para me superar, que me deixa louca! Não acho que deveria estudar behaviorismo, mas já que tenho que estudá-lo, preciso saber absolutamente tudo sobre ele, ou não me darei por satisfeita e não conseguirei ir dormir até completar tal tarefa.
Estou exausta!
Vamos abrir as academias de madrugada! Os cursinhos para concurso também! Estudantes têm muita insônia e pouco tempo durante o dia! Vamos abrir a sorveteria e também a barraquinha de cachorro-quente! Padaria, Mac Donald's, Blockbuster: tudo aberto de madrugada!
Ah, sem esquecer os salões-de-beleza! Vocês acham que uma pessoa que se ocupa o dia inteiro tem tempo de ir ao salão? Precisamos nos cuidar, minha gente! Vamos cortar os cabelos e fazer as unhas fora do horário comercial, por favor! Assim, o número de pessoas bonitas e bem-cuidadas aumentará absurdamente.
Ok, esse foi só um desabafo de uma pessoa-zumbi, morta de sono, que não agüenta mais estudar e gostaria de tomar uma cervejinha para relaxar do trabalho. Ainda bem que comprei cerveja antes de acabar o horário comercial, porque, sim, eu tomarei cerveja agora, 7h da manhã, para relaxar! Quem foi que inventou que eu não posso, afinal? Eu mereço, depois de ter estudado a madrugada toda! E que vão para o espaço as convenções!
Vou estudar mais e tomando minha cervejinha! Os seguidores de regras esquisitas que morram de inveja! Hahaha.
Beijos,
Tati.

3 comentários:

Hugo Jorge disse...

Gostei deste post. Sugiro uma visita ao meu blog

http://pazoriginal.blogspot.com/

Método DeRose - Yoga disse...

Olá!

Gostei de seu Blog :)
Também adoro o filme "as Pontes de madison"

Beijos

Ulisses Martins disse...

Mais uma vez, perfeita em suas colocações! Você sabe que eu concordo plenamente com vc. Até já passamos madrugadas divagando sobre isso!
Viva Jack Bauer que faz tudo em 24 horas! Eu não sou assim, eu queria um dia de 30 horas. Vamos todos protestar por dias de 30 horas, vamos chamá-los de dias Unibanco!
Enfim, que nós, seres da madrugada sejamos respeitados e tenhamos acesso a tudo que a vida e a sociedade podem oferecer no nosso habitat natural!
Um beijo amiguinha!
Meu blog está atualizado!